Todos os posts de Frank

Cinema, Games, Montanha, Longboard, Bike Indoor, BODYPUMP e BODYCOMBAT!

Pokemon Playhouse: formando uma nova geração de caçadores de pokemon!

E saiu um novo Pokemon! Depois do grande sucesso de Pokemon Go, a Pokemon Company volta sua mira para uma nova geração de caçadores de pokemon! O jogo foca diretamente crianças de 3 a 5 anos! A jogabilidade é baseada em mini games (como puzzles), ao avançar dentro destes, vamos liberando Pokemon! Continue lendo Pokemon Playhouse: formando uma nova geração de caçadores de pokemon!

Homem-Aranha: De volta ao lar!?? (Spider-Man Homecoming (2017))

Mais uma vez… Eu sempre penso em deixar a expectativa de lado, mas o coração sempre supera a razão! Talvez seja esperança de um tolo (grande Tolkien)! Mas o que importa é que mais uma vez fui ao cinema sem ver nenhum trailer, mais uma vez fui empolgado para assistir um dos meus heróis prediletos, e mais uma vez na pre estreia, pois tenho certeza que após o primeiro final de semana em cartaz, a internet se torna um território muito perigoso para as pessoas que odeiam spoilers! Continue lendo Homem-Aranha: De volta ao lar!?? (Spider-Man Homecoming (2017))

Moana – Um mar de aventuras (Moana, EUA 2016)

KIA ORA!

Que filme fantástico! Só isso vinha na minha cabeça! Não tinha informação nenhuma sobre o filme (sabia que era algo sobre os Maoris), logo, foi como assistir um filme na década de 80! A Disney acertou em cheio nessa animação (que pode ser facilmente classificado como um Musical)! Cores fortes, músicas fantásticas, um roteiro redondinho, texturas nota 10, direção impecável (Jon Musker e Ron Clemente) e o selo de qualidade Disney! Impossível conceber algo ruim! Digam o que quiserem, mas Disney é um selo de qualidade!

Pequena

Vamos ao filme! Cerca de 1.000 anos atrás, em uma ilha no Pacífico Sul, uma garotinha maori chamada Moana começa a sentir uma grande atração pelo oceano (e o oceano por ela). Ela cresce, e por ser filha do líder de sua tribo, começa a se envolver nos assuntos de sua tribo. Fatos estranhos começam a acontecer, as árvores deixam de dar frutos bons, os pescadores não conseguem mais peixes, e Moana sente que sua atração pelo oceano tem uma conexão com o futuro de sua tribo! Tudo isso somado ao incentivo de sua avó faz com que Moana parta em uma jornada de busca por respostas sobre ela mesma e sobre seus antepassados!

vaiana-la-légende-du-bout-du-monde-affiche-une

O visual de Moana é fascinante! Em certos pontos lembra muito A Vida de Pi ( Life of Pi, EUA 2012), e em outros momentos, pensei em God Of War (Santa Monica Studio, 2005)! O equilíbrio entre arte e a técnica beira a perfeição, e muitas cenas ficam marcadas em sua mente ao primeiro contato! Um clássico já no nascimento!

Em se tratando de um musical, a trilha sonora tem muita influência no produto final, e as músicas de Moana são um espetáculo à parte. Vai do pop ao psicodélico, passando por momentos com big bands, sempre de modo competente! Todo esse resultado vem da união entre Lin-Manuel Miranda (dramaturgo e compositor da Broadway), Opetaia Foa’i (cantor samoano) e Mark Mancina (compositor). Algumas músicas tem a letra na língua toquelauana e só depois temos a tradução para o inglês, aumentando ainda mais a imersão na cultura dos povos do Pacífico Sul!

moana-2

Moana, Um Mar de Aventuras, não é apenas uma boa animação, mas eu diria até obrigatória! Diversão garantida, sem restrição de idade!

 

Resenha – Contato (1997)

Lendo o Protocolo Bluehand: Alienígenas, senti saudade de assistir esse clássico (pra mim já é um) e não passei vontade, porém, antes de mais nada, algumas observações importantes:

-Primeira regra: não compare livro com filme, isso é coisa para IDIOTAS. São dois tipos de comunicação e se você quer um filme igual ao livro, é melhor ler o livro. Continue lendo Resenha – Contato (1997)