newsea

Visceral Games, estúdio de Dead Space fecha as portas

Eita…

Notícia não tão boa para os fãs de Dead Space. Nesta terça-feira (17), a Elecronic Arts – EA, decide fechar as portas de um de seus estúdios, a Visceral Games. A empresa californiana criada em 1998 pela EA, responsável por diversos títulos como a trilogia Dead Space, Dante’s Inferno, Army of Two: The Devil’s Cartel e Battlefield: Hardline, teve seu fim decretado pela EA na terça-feira, dia 17 de Outubro de 2017.

O motivo? Bem, trocando em miúdos, o que disseram foi que mudanças precisaram ser feitas para que a empresa continue a acompanhar a rápida evolução da indústria dos games.

“Nossa indústria está evoluindo de forma mais rápida e dramática do que nunca”.

“Os jogos com os quais queremos jogar e passar o tempo, as experiências que queremos ter nos jogos e a forma como jogamos… tudo isso está mudando continuamente. Assim como os jogos são feitos. Neste espaço de rápido movimento, estamos sempre focados em criar experiências que nossos jogadores querem jogar… e hoje isso significa que estamos fazendo uma mudança significativa com um dos nossos próximos títulos”.

Entendeu esse “…e hoje isso significa que estamos fazendo uma mudança significativa com um dos nossos próximos títulos”?

Então, além de perdermos o estúdio que nos deu grandes games como os já citados Dead Space e Dante’s Inferno, perdemos também um novo título Star Wars, jogo que estava sendo desenvolvido com foco na narrativa de ação em terceira pessoa no melhor estilo de Uncharted.

Eu sei amigo, é ruim né? Mas fica pior. Sabe quem estava por trás da direção criativa deste jogo? Uma mulher chamada Amy Henning, que é nada mais nada menos que a ex-diretora e roteirista da série Uncharted.

Os planos agora são de levar este projeto para a EA Vancouver, mas nada parece muito certo. A EA ainda vai tentar negociar com Henning para determinar o futuro desse game, mas acredita-se que ela não irá mais comandar o projeto.

Fica nosso lamento então, por um estúdio que nos prestigiou com jogos muito bons, e por perdermos um jogo de Star Wars de ser completamente realizado por uma mulher que é considerada um gênio na arte de escrever uma história.