bannerreeFR

O Inicio dos Videogames

Hoje, em plena 8ª  geração de consoles, muito se especula sobre as próximas gerações e como ela funcionará, mas você sabe o que deu inicio a tudo isso? Vamos voltar às origens e saber alguns detalhes sobre a 1ª geração, o nascimentos dos Vídeo Games.

Tudo começou com Ralph Baer, Engenheiro de televisão teve a brilhante ideia de televisores interativos, mas só em 1966 começou a explorar essa ideia com mais atenção, já que havia se tornado engenheiro chefe e gerente da divisão de Design de Equipamentos na Sanders Associates. Baer acabou criando um um videogame simples, onde dois jogadores se perseguiam na tela. Após apresentar seu projeto ao diretor Herbert Campman, fora designada uma pequena verba para dar continuidade ao projeto tornando-o oficial.

German-American game developer Ralph Baer shows the prototype of the first games console which was invented by him during a press conference on the Games Convention Online in Leipzig, Germany in 2009. Baer died on Saturday. He was 92.

Em 1967 Bill Harrison entrou para o projeto, trazendo uma pistola de luz (light gun) feita de um rifle de brinquedo. Logo após Bill Rusch se juntou  a equipe para acelerar o projeto e, em pouco tempo, um 3º ponto foi desenvolvido que seria controlado pela CPU do console, criando assim um jogo de ping-pong. Com mais fundos entrando para o projeto, mais jogos foram desenvolvidos, e então, apos anos de trabalho, finalmente foram assinados acordos com empresas e, em 1972, o Magnavox Odyssey dava inicio à 1ª geraçao de consoles.

odyssey

Magnavox Odyssey

Magnavox Odyssey foi oficialmente lançado em agosto de 1972 custando U$100,00 o equivalente a U$550,00 hoje em dia, mesmo com o preço bem salgado e  tecnologia desconhecida no mercado, ele conseguiu vender 100 mil unidades nos seis primeiros meses, QCO1dkSo que é um numero extraordinariamente alto levada as circunstancias de lançamento.

O console era mudo e não tinha cores complexas, muito menos ambientação, mas, para dar um charme a mais e adicionar cenários aos jogos, eram vendidas especies de filtros plásticos que você poderia por na televisão, para dar a ilusão de cenário, cores e personagens.

1200px-Signed_Pong_Cabinet

PONG ATARI

Com o sucesso que Odyssey estava fazendo no mercado a Atari também quis se aventurar nessa nova oportunidade de negócios e criou  a maquina de ARCADE PONG, que era apenas o mesmo jogo de tennis do Odyssey melhorado. PONG fez muito sucesso e vendeu milhares de maquinas levando a Atari a produzir versões caseiras do videogame.



Curiosidade

No lançamento do Arcade Pong, na Califórnia, a Atari deixou uma máquina de Pong em um bar local, para que os consumidores pudessem comprar fichas e jogar. Dias depois a Atari foi acionada pelo dono do estabelecimento, que reclama um mal funcionamento da máquia. A Atari enviou um engenheiro para averiguar a situação e ao chegar no local ele constatou o defeito: A máquina estava emperrada devido a quantidade incrível de fichas que haviam sido inseridas. Foram tantas que lotou o Arcade Pong. A Atara não previu tamanho sucesso e não estava preparada para isso. Uma grata surpresa, não acham?



color-tv-game-2

Color TV-Games 6

O primeiro passo da Nintendo nos videogames não foi no famoso Nintendinho, mas sim com color TV-Games 6. O console foi lançado em 1977 em parceria com a Mitsubishi, e quem diria, mas o primeiro console da Nintendo era apenas um Clone do PONG arcade(vale ressaltar que era um clone Oficial) com 6 jogos com pequenas variações do tennis de mesa digital, com clara semelhanças a jogabilidade.

A 1ª geraçao de consoles teve diversos de consoles, mas bem no fim eram apenas variações do jogo de tennis de mesa criado no primeiro console Magnavox Oddysei, é importante frisar que, por mais que as empresas apenas copiassem os jogos do Odyssey com algumas melhorias, muitos não consideram essas variações como copias, já que o videogame era um produto novo surgindo no mercado, fazendo as empresas não se aventurarem muito, usando uma formula segura e que fazia sucesso, como dizem, não se meche em time que está ganhando.

Esse foi um apanhado geral sobre o inicio dos consoles como conhecemos hoje em dia. Logicamente que antes disso muitos outros projetos, principalmente em laboratórios de universidades, já haviam sido criados e eram usados para entretenimento local, entre amigos. Vale notar que os videogames mantiveram o padrão de interatividade e rápida evolução, por isso se tornaram em tão pouco tempo uma forma de negócios muito lucrativa, chamando a atenção de diversos setores mundiais, tendo a relevância que merece hoje no exterior que se espalha pelo Brasil, na tentativa de buscar reconhecimento oficial em terras tupiniquins.

Você consegue se imaginar vivendo essa revolução tecnológica?

 

Eu sou novo no portal espero que gostem do meu trabalho,gosto de animes, jogos, filmes e series.Gosto de jogos antigos mas meu jogo favorito é Shadow of the Colossus.

  • Dark_Logan

    Excelente artigo. Uma coisa somente. Estamos na 9ª geração, com o lançamento do Switch. 🙂

    • Daniel Silva

      Segundo a nintendo o switch não representa uma nova geração. Também tinha dúvkkkkkem termos de geração acho que o wii u seria a 7,5 e o switch algo entre 8 e 8,5 kkkkk

      • Visio

        A Nintendo nunca soube brincar com esse negócio de geração. Quando mudaram de 16 para 32 bits ela foi lá e lançou um de 64 bits hahahaha daí depois lançou o Wii e bugou a contagem da geração =P

        • jpkings

          Obrigado pelo comentario

      • jpkings

        Obrigado pelo comentário

    • jpkings

      Tecnicamente sim,mas o switch esta concorrendo com os da 8ª e não como um novo console de 9ª geraçao

  • Visio

    Belo artigo! É interessante analisar o nascimento dos consoles caseiros, com toda a dificuldade de uma era com tecnologia limitada e extremamente inacessível por ser cara demais.
    A genialidade de Pong foi colocar duas pessoas para se desafiarem num jogo simples, mas com mecânicas bem elaboradas que atendiam também o jogador mais exigente. Evolução constante e estamos atualmente presenciando um belo momento para ser gamer.

    • jpkings

      Obrigado pelo comentario

  • Que legal voltar no tempo, nas origens dos consoles, jpkings. Não há dúvidas que o Baer é o pais dos videogames. Eu diria que o Bushnell é o pai da indústria dos videogames. É aquela coisa “se é Baer, é bom”… ^_^, putz acho que só os mais velhos vão entender este trocadilho. Quando você frisa que o Pong da Nintendo foi um clone, eu gostaria só de complementar que foi um clone oficial. Toda vez que a gente usa a palavra clone já pensa em pirataria, por isso alguém pode entender errado. Mas a Nintendo fez tudo certinho pagando a licença para a Magnavox.
    Valeu!

    • jpkings

      Desculpa se pareceu isso,foi adicionar isso ao artigo para ficar mais claro aos leitores

  • hbeira

    Será que alguém do Grupo de Colecionismo tem um Magnavox Odyssey? 🙂

  • Ótimo artigo. E pensar que a Nintendo começou se aventurando com o Color TV rsrsrs!