visiotaputobanner12

Fifa Switch Com Online Pra “Forever Alone” Não Botar Defeito

Eeeeee segunda feira! Dia de “Corre que o Visio tá Puto” e adivinhem qual console estará no assunto hoje? Ele mesmo, o console mais polêmico do momento: Nintendo Switch! Mas não vou falar mal dele não, já desisti disso, vamos falar dos detalhes que recebemos sobre o FIFA 2018, versão de Nintendo Switch, mais especificamente de uma opção que está ausente no game e que, ao meu ver, já se tornou essencial para o jogo há muito tempo: Encontrar um amigo e jogar online com ele. Essa opção simplesmente não existe! Como assim!?

Primeiro de tudo: Qual a lógica disso EA? Porra! Vocês só podem estar de brincadeira com os consumidores que querem jogar esse game no Switch. Como assim tirar uma das ferramentas essenciais para o jogo? Porra! Não tem lógica essa caralea de decisão! O jogo tem modo online sim, mas você é colocado pra jogar contra uma pessoa qualquer, sem poder escolher jogar com um amigo. Quer dizer, você e seu amigo compraram um Nintendo Switch. Compraram FIFA 2018 pra Nintendo Switch, mas será mais fácil ganhar na Megasena do que vocês jogarem online juntos! Esses caras da EA só podem estar comendo coco durante a criação do jogo. Eu não entendo o motivo, não consigo encontrar lógica que faça eu me aquietar. EA, sua desgraçada, nos explique saporra de decisão estúpida, pois não estamos conseguindo engolir essa história! Como que o jogo tem online, mas não pode jogar com amigo? Tão cheirando maconha na latinha!? Que isso meu povo!?

fifa-2018-determinara-se-a-ea-ira-trazer-mais-jogos-ao-switch_1502655625-s

Saporra de jogo não vai vender bem no Switch, talvez até venda por falta de opção de jogo, mas pode ser que não venda, vamos seguir essa linha. Pode ser que não venda bem no Switch. De quem é a culpa? “Dos Nintendistas bitolados que só compram console Nintendo pra jogar jogos da Nintendo“. Tomarnotóba  quem fala essa besteira! Não nesse caso! Não mesmo! Trouxeram o jogo pro console e cortaram um dos maiores atrativos de um game de futebol que é você jogar contra um adversário que você conhece, zoando ele online, xingando e sendo xingado. É como se você comprasse uma passagem,pra duas pessoas para uma viagem, mas a segunda pessoa quem escolhe não é você. Ainda será uma viagem bacana, mas é frustante você não poder levar quem você quer. Na verdade é tão frustante que pode levar você a decidir pelo cancelamento da compra, ou seja, desistir da ideia de viajar, pois não será como você esperava. Como consequência os jogadores que querem mesmo jogar online terão que optar pelo mesmo jogo em consoles diferentes, como PS4/XONE/PC.

Fodam se os Nintendistas Bitolados (só os bitolados), eu quero mais é que se virem com o que compraram, mas então qual o motivo desse artigo? É simples. Por mais que você não tenha um Switch, por mais que não curta a ideia proposta pelo console, você não pode negar que concorrência é sempre sinal de melhores produtos/preços para o consumidor. Agora, quando uma das fabricantes começa a receber games capados sem motivo algum para isso acontecer, você começa a se perguntar se existe ou não um boicote. Nada de teoria da conspiração aqui, apenas uma reflexão em cima da filhadaputagem que estão fazendo.

snapsfifa-18-about-ign-e3-on-ignqs-1497122957142_270h

 Pense um pouco: Nintendo, a maior produtora de games e consoles, lança um console fraco. Você é a EA e sabe que ignorar a Nintendo, não oferecer seu produto no console dela, é como fechar uma porta para negócios futuros. Você decide lançar o jogo. Lança sem um dos modos principais do game. O game vende mal, você não lança mais jogos para a plataforma. Se a Nintendo lançar um vídeo game parrudo para a próxima geração sua relação com a empresa está salva. Você se manteve ali, perto, fingiu apoio e foda se o resto.

“Ah Visio, nenhuma empresa vai lançar um jogo pra não vender.”

A verdade é que a frase está incorreta, o correto seria: “Nenhuma empresa vai gastar algo sem motivo“. Nem a EA. Gastaram pra manter um bom relacionamento com a Nintendo, para se manterem ali em uma zona confortável, esperando a reação do console para ver se ainda vale a pena lançar algo mais. O problema é que lançar jogo capado não ajuda em porra nenhuma. Só piora a situação e destrói a imagem do console, sendo que agora o Switch, que já era fraco e sem a maioria dos clássicos das thirds, quando recebe algo, recebe sem a devida qualidade e com cortes sem explicação. Se é boicote eu não sei, mas que é estranho, ah isso é muito estranho sim!Nintendo-Switch-third-party-630x417

As Thirds hoje possuem uma força enorme junto as fabricantes. Elas estão no comando há muito tempo. São elas que podem ajudar um console, bem como podem afundar ele. Não que seja o caso, não que isso tenha acontecido com o Switch, mas demonstra que o mercado mudou e muito. Antes o jogo precisava passar por um controle de qualidade que certamente não permitiria esse tipo de falta de opção em um jogo sem terem um motivo real para isso. A situação está tão diferente que a Nintendo aceita qualquer porcaria no seu console, pois ela sozinha não consegue manter um console, prova disso foi o Wii U, sendo que as thirds fazem o que querem e o resultado está aí pra todo mundo ver! Parabéns a todos os envolvidos! Bando de desgraçados!

Criador do Portal 2 join, ama os games! Jogando desde os primeiros anos de idade, naquela que considera a melhor fase da sua vida, quando ainda bebê, usando a famosa rotina do "come, caga e dorme". Bons Tempos!

  • Ivo

    Fala Visio! Na real? A história do Switch se repete novamente como foi no Wii e WiiU. Vão sair esses jogos capados, vai vender malz e o resto de vida do console não vai ter jogo cara das produtoras. Vai ser assim enquanto a Nintendo lançar esses consoles com capacidade baixa que nem consegue rodar um “Online de Futebol”. E a história vai se repetir, no começo um monde de gente falando a mesma “pagaiada” que o Switch não é um console para competir com os outros, que ele está em um caminho diferente dos outros, que sua visão blabláblá diferente dos outros… no final quando verem que não deu certo os mesmo vão vir e falar que o os ” porques do console ter sido um fracasso” mudando a opinião de “água para o vinho” como foi com Wii e Wiiu.

    Videogame é tecnologia cara e diferente de antigamente, não são os jogos que tem que seguir o console em tecnologia e sim os jogos consoles tem que seguir a tecnologia dos jogos. Se não vende jogo, produtora não lança, se não lança perde mercado e se pede mercado fica só em jogos da Nintendo e a história se repete.

    Valeu Visio! Grande Abraço.
    Ivo.

    • Visio

      Boa Ivo! Valeu por comentar! Deixa eu perguntar algo aqui para incitar um pouco mais essa discussão:

      Como você acha que a Nintendo conseguiria sair da situação que se encontra atualmente? Seria viável entrar na tal corrida gráfica já na próxima leva de consoles?

      • Ivo

        Visio, se ele tem a proposta de seguir um rumo diferente em consoles, ela tem que no minimo ter um suporte tecnológico para ter grandes franquias como o FIFA ao lado dela e com TODOS os recursos que ele oferece. Essa proposta de “rumo diferente” já foi idealizada no Wii e Wiiu mas que fracassaram devido em não conseguir o suporte tecnológico para rodar jogos das gerações atuais. Desta vez pensei que isso seria diferente, que ela iria seguir esse rumo, mas oferecendo a tecnologia para rodar os jogos o MAIS próximo dos consoles como Ps4 e cia. Não precisa ser os famosos “60 FPS” mas no minimo com um serviço online completo, por mais que não consiga os famosos ” 60 FPS” que em minha humilde opinião não faria tanta diferença assim, contanto que tivéssemos todo o suporte por trás (vide um serviço online legal por exemplo).

        Essa história de de jogo “não tem 60 FPS” aqui ou sem “serviço online” aqui… e assim vai já conhecemos! Foi assim nos consoles anteriores e isso foi afastando as produtoras e o ciclo de vida do console acaba morrendo mais cedo.

        Ou duas ou 1. Ou a Nintendo segue esse “rumo diferente” dela mas trazendo a tecnologia para ter os jogos ao seu lado e caso não tenha… tomar cuidado com que fala e faz. Ou investi em consoles de ultima geração e acaba com esse papo. O que não dá é fica no meio termo e não conseguir trazer os jogos para esse “rumo diferente” que ela apresenta ou fazer consoles como Ps4 e cia.

        • Visio

          É a solução mais viável e parece que a maioria dos gamers concorda com isso. Qual seria o motivo que faz com que a Nintendo esteja focando em seguir na contramão? Acredito que sejam os lucros absurdos que ela conseguiu com o Wii, fazendo mais com menos, que estão se repetindo no Switch e que deu errado no Wii U. É difícil uma empresa mudar o rumo quando ela lucra muito em cima de um produto que ela gasta menos. Uma conta simples na verdade, que eu acho difícil mudarem, afinal, pode ser um hobbie pra nós, mas pra eles é tudo, uma vida inteira, famílias, lucros e se está dando certo não mudarão tão cedo.
          A cada novo console uma surpresa.

    • Fala Ivo!

      Então man, não acho que a história do WiiU vá acontecer novamente. O Wii embora não recebeu grandes thirds com a mesma frequência que a concorrência, ele recebeu sim alguns thirds mas, alguns como esse Fifa ai, ports feios. Mas é fato que, o Wii recebeu bem mais apoio que o WiiU, pelo fato de que o Wii foi um sucesso esmagador, vendeu tranquilamente mais que a concorrência. Não foi o mesmo com o seu sucessor: o WiiU foi um fracasso e não recebeu apoio third quase nenhum, só no inicio de vida mesmo.

      Eu creio que o Switch será diferente, exatamente pela proposta dele: portabilidade. Junte isso com o marketing agressivo e eficaz (que não foi feito no WiiU), parcerias com indies e até mesmo com thirds (Ubisoft fazendo game com Mario?!), games com crossplay, novas ips e como disse antes…portabilidade, algo que a Nintendo já manja bem e reina nesse ponto há anos, ela juntou o que ela domina e botou a dock e pronto. Switch já mostrou a que veio e acho que pra ele ser um fracasso como o WiiU, teria que acontecer muita coisa ruim daqui pra frente, o que está acontecendo é o contrário, ele está quebrando vários recordes da própria empresa.
      Especificamente sobre ESTE port do Fifa 2018, realmente essa questão do online é uma grande perda e o que vejo é que a Nintendo não manchar o Switch mas sim a EA que vai estar manchada com a Nintendo.
      Forte abraço Ivo!

      • Ivo

        Fala NerdProfeta! Beleza! Cara, eu torço MUITO pela Nintendo e que tudo não de errado! Quem me conhece sabe que adoro ela, meu videogame predileto de todos os tempos é dela, massssss ela anda pisando na bola a anos e isso é indiscutível.

        Mas voltando, isso de mkt, crossplay, novas ips e principalmente thirds na fala é legal, mas e na realidade? Pow NerdProfeta, se você for ver bem até o momento não tivemos quase nada para Switch nesses aspecto ou de grande relevância que você possa dizer…. OLHA AÊ esse Indie e Switch, essa nova IP, essa novo jogo! Até agora nada e o console foi lançado março! Estou tirando os jogos da NIntendo quando digo isso okz! Vi que algumas coisas foram anunciadas, mas lançamento que é bom nada!

        E isso que pego no pé! Foi a mesma coisa no WiiU e Wii. É muita pouca coisa para um console da NIntendo. Agora se vierem para mim e falaram que tem o console para jogar jogos da Nintendo eu entendo… beleza! Mas fora disso é um mundo totalmente solitário a cada console q ela lança!

        A verdade que é a NIntendo vive na zona de conforto dela, ela faz o minimo ali, tem lucro naquilo minimo e tá bom para ela! O que dizem de ela quebrar/mudança é apenas atitudes em relação ao mercado, que são impostas pelo mercado e não por ela. Se ela não muda! O mercado destroí ela!

        • Marcelo Oliveira

          Oi ivo, entendo seu medo, mas, saiu muita coisa p Switch sim, se colocar na ponta do lápis, o console saiu em março, tem 6 meses apenas. 6eses quebrando tantos recordes não é pouca coisa. E a biblioteca está bem cheia para um console de 6 meses de idade. O q percebo é justamente essa desconfiança que vc tem. As desenvolvedoras tem esse mesmo medo, só que se eu falo que vou dar suporte, eu lanço um game completo bem feito p console e testo, se meu melhor não vendeu, me retiro do console. Agora, lançar coisa de manhã vontade e falar que não vendeu por Culpa do console é malandragem.

        • Entendo seu pt de vista Ivo e de certa forma é coerente em relação a cautela. A maioria das thirds estão assim pelo fator-WiiU, exceto algumas poucas como Ubisoft e Bethesda por exemplo, e você como consumidor tem esse receio pelo fato que nosso dinheiro não é achado na lata do lixo né? rsrs mas é sério, vivemos num país que infelizmente a corrupção esmaga ele, taxas de jogos de azar em consoles caseiros e ainda entra lucro da loja e pra completar a salada tem o fato de que a Nintendo infelizmente não tem suporte oficial aqui…o resultado é preços abusivos para o nosso já “grande” salário brasileiro.
          Assim, não é qualquer um que pode se dar o luxo de ter todos consoles que quer com todos games que desejamos, temos que ser seletivos de acordo com nosso gosto pessoal, infelizmente…

          Mas sobre lista de games do Switch, você diz exclusivos dela ou thirdies? Dela está praticamente um grande anúncio para cada mês até dezembro, quanto a thirds, realmente não tem tanta coisa como a concorrência, claro que essa comparação é injusta já que a concorrência está ai com seus consoles atuais desde 2013, o Switch chegou não tem nem 1 ano; o correto seria comparar a biblioteca da concorrência em seu primeiro ano fiscal junto com a atual biblioteca do Switch que é seu primeiro ano também.
          Volto a afirmar que, tenho grandes expectativas e creio que são bem reais de que em seu segundo ano fiscal o Switch receba ainda mais thirds que recebeu esse ano e a resposta é pelo fato de seu sucesso. Vendas trazem games isso é inegável, WiiU vendeu um fiasco, resultado foi a pior biblioteca da Nintendo (pior em quantidade..que fique claro…), o outro extremo: DS, o console que mais vendeu da Nintendo (contando os portáteis junto com os de mesa) e teve a maior biblioteca dos consoles da empresa.
          Mas estamos juntos nessa Ivo, que águas melhores cheguem para todos nós!

  • Foi como disse outro dia aí, um tal de Sabat… A Nintendo não tá merecendo meu dinheiro há algumas décadas. Esse mundo que a Nintendo está querendo nos enfiar goela abaixo é uma desgraça só. Sou muito fan da empresa, mas ultimamente não dou a mínima pra o que ela faz. É só desgosto:
    1- Preços mais caros que na concorrência;
    2- Consoles com hardware defasado, que afugenta as Thirds;
    3- Jogos da geração passada (que a maioria já jogou) e capados;
    4- Consoles e retrôs (Classics) lançados em quantidade ridiculamente pequenas que nem sequer existem mais pra vender.
    5- Online capado…

    Bom, acho que até o próximo semestre a Nintendo consegue chegar a uns 10 a 15 itens nessa lista aí…

    Beijo Viso!

    • Visio

      Verdade Jeff! Muita coisa pode melhorar e ainda assim os lucros estão lá no alto, os jogos são muito procurados e parece que não vão mudar tão cedo de postura.
      A Nintendo nos últimos anos descobriu o real valor de suas franquias, está trabalhando em parques temáticos, investindo em produtos e o caraleo a 4. Parece que o alvo que ela fixou não envolve oferecer jogos ou consoles com alta perfomance. Estão mais preocupados com a experiencia do jogador. Uma experiencia que foge do que é oferecido pela concorrência e que está se tornando o diferencial da marca Nintendo. Pode melhorar? Sim,mas enquanto vender no nível que está vendendo a melhora não será justificada. A solução seria parar de comprar? Não acho. A solução é saber e aceitar a postura da empresa em ser diferente e comprar os produtos dela se realmente sentir vontade.
      É como querer que o MC Donalds venda produtos do Burguer King só por que fica mais fácil para o consumidor encontrar tudo em um só lugar.

      • Eis a questão… se não há reclamação, ou, se os lucros não caem, eles sempre vão achar que estão no melhor cenário..Culpado disso obviamente são os fans alienados, esses sim é estragam a empresa e a impedem de abrir os olhos.
        E Hoje em dia não é mais essa coisa toda de inovação não Visio. Esses controles desplugados da dock são uma porcaria pra jogar, não se pode negar isso. O Tempo do Wii já foi e nada substituiu isso no switch.

        • Visio

          Eu acho uma visão bem limitada culpar outros consumidores por um produto que não te agrada.
          Se agradou a eles, qual o problema de aprender a conviver com isso? A Nintendo faz tanta falta assim na vida das pessoas que elas acabam por criticar quem compra Nintendo só pra ver ela se ferrar e mudar de rumo? Isso é bem tóxico ao meu ver.
          Tem quem compre e os lucros estão bem altos, a Nintendo está ganhando dinheiro com isso, então não vejo ela como de “olhos fechados”, ao contrário, me parece que sabem exatamente o que estão fazendo. Só olhar as vendas e os pontos de vendas sem estoque do console para perceber que foi um acerto.

          Vai estragar o mercado? Não. Tem 4 opções diferentes no mercado. Uma delas segue um caminho totalmente diferente, então não é algo que está ameaçando o mercado de games.

          Consumidores são burros? Não vejo os consumidores Nintendo com um bando de burros. Eles encontram o que procuram. Não estão sendo enganados.

          Qual a diferença entre os consumidores Nintendo e os consumidores Sony e MS? Cada um analisa o que quer, analisa o console, sua condição financeira e compra. Alguns recebem um console com pouca potencia e outros recebem um console que não condiz com a potencia disponível no mercado de PCs e outros compram um PC e usam emuladores pra jogar jogos da Nintendo.

          É tudo uma questão de escolha e esperar que o mercado mude pra atender nossa realidade financeira é muito frustante.

          • Eu retiro o que disse sobre “fans” alienados. Você me fez refletir. O resto mantenho!

        • KraftTwerk

          vc acha mesmo que fã (sim, é fã e não fan) alienado tem tanta força assim então porque a Sega não é a empresa numero um do mundo hoje?
          muita infantilidade pegar birra da empresa por que eles estão tentando fazer algo diferente, se vc só joga em emulador vai ficar jogando coisa de 10 anos atras e vivendo do passado

          • Tipo o Cemu com o Wiiu né?
            E fan tá em inglês, se não se importa.
            Abraço Bródi!

  • Arms, Splatoon 2, Mario Kart 8 Deluxe são apenas alguns games que funcionam o online normalmente e não tem essa bizarrice. Isso foi algo mal feito que a EA fez, tem parcela de culpa a Nintendo? Pode ser que sim, conforme o Visio citou acima, hoje como a Nintendo está lutando para recuperar o apoio third pesado, qualquer coisa ela aceita (diferente dos anos 90). Mas essa questão de funcionalidade do jogo isso é algo que a produtora poderia sim ter resolvido, não resolveu porque? Pode ser que foi produzido as pressas a versão do Switch…ou pode ser má vontade da própria EA mesmo…

    Outra coisa a se considerar antes de um ou outro vir com pedras para tacar, é que a própria Nintendo já avisou que o online dela ainda não está 100% em funcionamento, tanto que ele ainda continua 0800 e não mudou nada de relevante como era na época de seu antecessor, algo que devemos esperar mudança (assim como pagar o preço da conta claro…) e creio que meados de 2018 deve estar funcionando. Minha opinião: Espero que esse problema do FIFA 2018 pro Switch seja solucionado com um update assim que o online estiver pronto. Vai acontecer? Difícil, já que a EA não vai querer gastar mais nada com o game…

    Resumindo, isso pode ser culpa da Nintendo em ter aceitado o port assim (sim, o online funciona SIM, mas funciona igual o Visio explicou acima, de forma aleatória, ou seja, você não escolhe com quem vai jogar online) mas também não podemos deixar de lembrar que a EA tem sua culpa também. Não vejo que esse por vá manchar a situação do Switch já que está sendo um sucesso enorme de vendas, quem pode perder é a EA, já que outras thirds já estão se reaproximando e lançando seus games, vide Bethesda.

    Agora cá entre nós Visio, má vontade do caramba a EA hem…poutz…

    • Visio

      Bem por aí Zanella, uma má vontade desgraçada. O online funciona, mas não tem a melhor opção da série. Fica difícil entender, mas enfim, vamos esperar pra ver o próximo capitulo dessa novela. =/

  • KraftTwerk

    Concordo que a nintendo tá deixando a bola cair no online, é inegavel… mas que tem um monte de besteira no texto e nos comantários é ingeavel também…
    1) falta de jogo no switch? em 7 meses o switch já ta cheio de exclusivos e jogos independentes, se FIFA vender vai ser por que as pessoas querem jogar jogo de futebol, não por falta de game.
    2) esse boicote ao switch é muita teoria da conspiração. você tinha que se preocupar com outras coisas no FIFA, como as merdas que tão fazendo com DLC e querendo vender tudo em um jogo que já custa 300 reais
    3) como você fala que a nintendo tinha que voltar a fazer um controle de qualidade, e depois reclama que antes a nintendo não tinha thirds? ou ela controla (nenhuma empresa faz isso hoje em dia) ou libera.

    agora os comentários aqui falaram mais besteira ainda…
    1) reclamar de só ter jogo da geração passada no switch, sendo que nos outros consoles a situação foi igual ou ainda pior, pq o WiiU tinha ótimos jogos que a galera perdeu por estar no WiiU, muito válido lançar de novo agora melhorados
    2) sério que ainda tem gente querendo que a Nintendo volte a fazer consoles normais pra competir com a sony e microsoft? não sei se voces tem saudade dos anos 90 ou o quê, mas parece que não conseguem entender que hoje o mercado é diferente, nem mesmo os consoles “normais” tão seguindo mais isso, lançando esses ps pro e xbox 4k
    3) me empresta essa bola de cristal de vocês? parece que já viram tudo, que no futuro o switch vai falhar, mesmo que eles tenham corrigido a maioria dos problemas do WiiU (de como o console é fácil de desenvolver, ao apoio de indies e até o marketing), com o online sendo sim ainda um desastre, mas eles ainda não revelaram como vai ser o plano de online deles, então segura aí antes de falar merda por favor

    no fim, é triste que a Nintendo do japão ainda mande em tudo sem nem escutar a of america aparentemente, só resta esperar que os caras de 70, 80 anos mandando na empresa se aposentem logo pra mentes mais jovens entrarem no lugar. do dia que anunciaram o switch, o que eu mais vejo em comunidades de gente “entendida” é que é muita burrice lançar em março, só com um jogo bom (zelda), que isso ia estar morto logo no lançamento, e olha o que aconteceu: vendeu absurdamente bem, continuou vendendo muito, mais do que eles podem produzir, e agora eles esperam vender 12 milhões no final do ano. da mesma forma que essa bola de cristal de vocês que fala que o switch vai pro mesmo caminho do WiiU não viu esse sucesso no começo do ano, vai continuar errada nos próximos anos

    • Visio

      Fala KraftTwerk (tive que conferir 3 vezes o nick pra não errar =O)
      Respondendo aos seus pontos no artigo:

      1) Quantos jogos de futebol você tem hoje no Switch? Então mantenho o que eu disse.

      2) Em momento algum eu afirmo a existência do boicote, apenas trouxe uma reflexão sobre o atual controle das thirds no mercado de games.

      3) Nintendo controlou lançamentos por um grande período. Do NES ao Nintendo 64 ela ficava em cima das thirds e cobrava de maneira eficaz a qualidade dos games. Thirds e Seconds.
      Ainda no Game Cube a Nintendo teve muito apoio third, no Wii então, nem se fala, mas já existiam consoles no mercado que aceitavam as tratativas das thirds e facilitavam o lançamento de jogos em seus aparelhos. Isso começou com Ps1.
      A Nintendo querer aceitar qualquer jogo que é oferecido, pra poder atender a demanda dos consumidores e acabar recebendo jogos capados é um problema para ela mesma gerenciar. Ela não conseguirá manter os mesmos moldes das décadas de 80 e 90, pois o mercado mudou, mas também aceitar um FIFA sem online entre amigos é o mesmo que dizer que “ok, tanto faz, desde que tenha” de uma forma muito permissiva. É aí que a Nintendo precisa negociar, entrar em ação e não deixar que façam algo desse nível se o seu console e sistema online permitem que seja de uma maneira muito melhor. “Ah, mas daí ela perde apoio.” Então que procure alternativas, não é mesmo? Algumas fabricantes fecham acordos valiosos de exclusividade temporária, então não creio que a Nintendo não tivesse como mudar a situação se ela quiser investir nisso. Tudo é negociável, mas parece que dessa vez não houve interesse em oferecer algo melhor.

      ———————————————————————————————————————————————————–

      Quanto ao fato de a empresa precisar passar por uma mudança de postura com a saída de alguns funcionários mais antigos, bem, não é assim que funciona a Nintendo. O modo como as decisões são tomadas é muito diferente do sistema ocidental de negócios. A Nintendo é considerada uma empresa tradicionalista pelas empresas tradicionalistas do próprio Japão. É algo que está arraigado no sistema deles e que não se altera com a saída de uma dezena de pessoas. Para um projeto ser aprovado ele precisa de 100% de aceitação dentro da empresa, isso envolve votos de funcionários que não fazem parte do alto escalão. É muito difícil aprovar algo lá. Se as pessoas não conseguem nem entender o motivo de um executivo da Nintendo vir a publico e anunciar sua redução de salário, que dirá entender os processos decisivos de uma empresa tradicional, dentro de uma cultura que preza pela honra e qualidade acima de tudo. Tem coisas que são mais difíceis de entender do que imaginamos. Torcemos para essa amadurecimento, ele está ocorrendo sim, mas na velocidade a Nintendo de ser. Não dá pra esperar grandes coisas instantaneamente de uma empresa que tem esse sistema tão travado como a Nintendo.

      Quanto ao Switch, torcemos para que ele seja sim um sucesso. Sou amante da Nintendo, gosto demais das séries dela e não consigo ficar uma geração sequer sem jogar Zelda/Mario/DK/Smash/Pokemon. Fazendo isso desde o NES.
      É só você analisar a logo do nosso site que vai perceber de onde viemos.

      Obrigado pelo comentário e espero ter esclarecido alguns pontos, apesar de eu ter me alongado demais e lamento por isso.

  • Alexandre Francisco

    Que bosta que a EA fez. Mas isso se resolve com uma atualização. Pronto.

    E não tem nada a ver com a Nintendo e o online dela, por favor…

    • Visio

      É que está tudo no mesmo pacote. Difícil separar quando só no console Nintendo essa situação acontece.
      Ainda estou muito frustrado com isso. Queria muito FIFA para jogar online, mas sem essa opções realmente desanima.

      • Alexandre Francisco

        Tu nem tem amigo pra jogar, oara de choro. Hahaha
        Só acontece na Nintendo, mas nao por culpa dela. Nao adianta culpar ela se nos FP os jogos rodam bem no online.

        • Visio

          Hahahaha Eu tenho amigos sim, só falta eles assumirem isso também pow.
          Não estamos procurando um culpado, mas estamos cientes de que a Nintendo poderia evitar essa situação, na verdade ela deveria evitar isso. Opções para fazer isso ela teria, mas não achou necessário.

  • Andre Luiz

    Cara estou jogando o FIFA 2018 para Switch desde ontem, tando na versão dock, como na portátil, e sinceramente não sinto falta nenhuma da opção procurar amigo para jogar. Isso é coisa de mané que se sente isolado. Até agora comprei quase todos os jogos que saiu para Switch e sinceramente não reclamo de nenhum, todos estão ótimos com gráficos excelentes, esse modo online citado não faz falta em lugar algum. E se você observar o FIFA 2018 já esta como o mais vendido da semana tanto no eshop americano como no eshop Europeu. Com certeza venderá bem.

    • Visio

      Andre, agradeço seu comentário, mas veja bem, você não sentir falta de um modo de jogo não significa que ele não seja importante, não acha? É sobre isso que o artigo trata. Torcemos pelo bom desempenho do Switch, mas a falta desse modo online cria um impedimento na venda do jogo na versão de Switch, essa uma realidade lamentável.

  • fmrbass

    O motivo é simples: pra fazer isso a EA teria que botar um servidor dedicado para o switch e os caras não querem gastar com isso.
    Talvez estão medindo a temperatura e dependendo das vendas invistam nisso, mas isso pode gerar um paradoxo: bota online completo se vender, mas não vende por não ter online completo.

    Pode botar na conta da EA essa aí, o erro da Nintendo foi não ter exigido isso antes.

    • Visio

      Bem isso. O problema existe e nenhuma das duas tomou conhecimento ao ponto de resolver. Simplesmente ele existe e lide com isso.

  • Gabriel Frank

    Tem muita Third Partie magoada com a Nintendo e vice versa! A relação da EA com a nintendo nunca foi totalmente feliz! Veja lá, na época do SNES! Cade os Road Rash? Os ports da EA Sports são um lixo desde sempre! São só dois exemplos, mais eu poderia listar muito mais! Jogue FIFA no wii! Passar raiva é pouco! Da pra notar a má vontade dessa empresa! Não que a Big N seja santa! Mas porra, se vai fazer um job, que seja no mínimo dígno! Já sou contra essa palhaçada de lançar FIFA todo ano! Nessa hora, ninguém lembra de DLC! Lança a porra do jogo e mantenha ele por pelo menos dois anos! A Hora que acostumamos com a jogabilidade, sai um jogo novo! Enfim, EA é uma empresa em que respeito mais o passado do que o que vem fazendo nessa ultima década!

    • Visio

      Não é de hoje o problema, realmente e vem se arrastando pelas gerações. Talvez daqui há algum tempo teremos uma percepção melhor do que ocorre nos bastidores. Só começar a serem despedidos da EA e colocarem a boca no trombone.

  • hbeira

    Bom título do artigo 😛

    • Visio

      Daria um filme =P

  • Tô nem aí, desliga as porra de servidor tudo que eu vou continuar jogando tudo offline mesmo, em todas plataformas. Sou forever alone assumido.
    Kkkkkkkkkkkkk
    Beijos

    • Visio

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA