banalisaactraiser

Review: ActRaiser (Snes – 1990)

A Square Enix é uma das desenvolvedoras de jogos que particularmente eu mais curto, depois da Nintendo é claro, devido ao seus grandes games e rpgs famosos. Hoje falaremos sobre ActRaiser, um grande jogo de uma franquia esquecida pela Square.

Lançado em 1990 para o Snes em seu inicio de vida, produzido pela Quintet e publicado pela Enix (na época eram duas empresas distintas, Enix era uma e Square era outra), Actraiser coloca você no controle de um guerreiro sagrado, conhecido apenas como “Mestre”. O Mestre é uma espécie de avatar de um deus que parece ser inspirado no Deus bíblico (pelas referências de justiça e luta contra o mal, adoradores, templos, e os nomes em japonês, onde o protagonista é God e o vilão é Evil One).

act01

Na história você deve lutar contra as forças do mal lideradas pelo demônio Tanzra que dizima cruelmente cidades e vilarejos, seja com pragas, outros demônios ou pessoas possuídas.

O game se divide em duas partes: entre os intervalos de uma missão e outra, você tem um jogo de estratégia tendo que cuidar das pessoas, dos alimentos, das casas e defendê-las de ataques das criaturas. Nas missões o game se torna um jogo de ação e plataforma, bem difícil por sinal, com diferentes tipos de golpes especiais que você consegue no decorrer do jogo ou realizando certas tarefas.

Nas fases, o game é um ação-plataforma
Nas fases, o game é um ação-plataforma

Um dos pontos altos do game é a parte da estratégia e os segredos das civilizações no mundo, assim como a trilha sonora muito boa e com um clima medieval-sombrio. Os defeitos ficam por conta dos controles do Mestre nas fases: ele é lento e um pouco desengonçado, você morre facilmente até se acostumar com seus movimentos.

act03
Entre uma fase / missão e outra, o game se torna uma estratégia no qual você tem que administrar suas cidades e cuidar das pessoas

É isso pessoal! Espero que tenham curtido e ficado curiosos com este game. Quem sabe possamos sonhar com um possível ActRaiser 3 ou um reboot da franquia né? A história tem pontos interessantes e poderia ser muito bem aproveitada nos consoles atuais. Em breve um review da continuação, ActRaiser 2 aqui no blog!

Zanella é cristão, marvete, nintendista, fã do Foo Fighters e rpgista. Encontre-o também no nerdprofeta.com

  • Visio

    Rapaz, esse jogo eu NUNCA joguei, mas me interessei demais pela proposta.

  • Paulo Jr

    Só joguei um pouquinho do ActRaiser 2 e quase quebrei o controle de tanta raiva.
    Os movimentos do inimigos e as posições das plataformas são de f#$&r o jogador 😛

    • hahahaha! Esse não chega a ser tão difícil quanto o 2 mas de maneira alguma é um jogo fácil…a maior dificuldade são os controles! A parte de estratégia deste (que infelizmente não tem no 2) é espetacular!