Banner

Geniecom! Meu Clone de NES

Na década de 80 tivemos o lançamento do NES (Nintendo Entertainment System) que foi responsável pela recuperação do mercado de Vídeo Games no ocidente. Eu, assim como muitos brasileiros na época, não tive um NES. Era caro, inacessível para nossa família, mas mesmo assim joguei muitos jogos de NES no inicio da década de 90. Como? Através de um clone de NES, o pouco conhecido, o Geniecom.

Geniecom?

Apresentando um pouco esse console tão peculiar, o Geniecom foi lançado em 1992 e possuía algumas funcionalidades bem especificas. Uma delas é que ao ligar o vide game você tem acesso a uma tela inicial, antes do game carregar, onde você pode inserir códigos que alterarão algo no jogo em questão. Em resumo, o Geniecom já vinha com o Game Genie instalado no console e essa era a grande sacada da vez.

game_genie

Dentro da caixa do console você encontrava um livreto com vários códigos de diversos jogos, prontos para serem testados por você. Esses códigos disponibilizavam muitas mudanças nos games, como vida infinitas, super pulo, escolha de fases e etc. Não raro o game travava com o uso dos códigos, mas era uma opção diferente para usar naquele jogo que você já estava cansado de jogar e queria testar novas possibilidades.

Outro detalhe do Geniecom é a possibilidade de você utilizar uma antena na parte traseira dele e conectar em qualquer TV sem precisar de fios! Eu achava isso o máximo! É claro que na pratica você poderia sofrer com interferências durante a transmissão, mas no geral funcionava muito bem.

Olha que traseira! ( ͡° ͜ʖ ͡°)
                                                                        Olha que traseira! ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Os controles era bem funcionais, com dois botões turbo, apesar de ser um pouco grande e mais pesado que o normal, eles funcionam bem e apenas tive problemas com os botões select e start. Nativamente o console só suportava jogos de 72 pinos, então, pra jogar os jogos de 60 pinos você fazia uso de um adaptador que era facilmente encontrado em locadoras e loja de games da época. 

_MG_0520

Já estava na Família

Antes do Geniecom chegar a mim ele pertencia a um primo meu, Dias_Leko. Já jogávamos nele quando a família se reunia, então tenho ótimas lembranças dessa época. Teve uma situação em que jogávamos Street Fighter 2, versão pirata para NES, com a criançada toda reunida na sala mandando hadouken e shoryuken sem nem saber o que estávamos fazendo direito. Uma das frases que eu não esquecerei foi do meu Avô Domêncio, que durante umas das partidas viu que o Zangief era o maior e mais forte de todos. Ele disse:

“Tem que pegar esse grandão. Ele é o mais forte”

Eu lembro que alguém falou que ele era lento demais, então meu vô disse sorrindo:

“Mas quando ele pega pra bater ele não larga mais”

Foi o suficiente pra causar risadas e nos induzir a escolher o Zangief várias vezes durante a noite.

Algum tempo depois o Geniecom foi lá pra casa, meus outros avós, que me criaram, haviam comprado. Não veio com nenhum cartucho, então eu tinha que alugar constantemente. Era complicado conseguir isso na época, eu não tinha nem 10 anos, não tinha renda alguma, mas eu era chato e insistente, então, todo final de semana eu alugava e as vezes durante a semana também. A locadora mais próxima ficava a menos de 1km de casa, era ao lado da oficina mecânica do meu pai onde sempre íamos ajudar. Ali eu alugava os games de NES. Foi ali que aluguei Battletoads tantas vezes até conseguir terminar o jogo. 

Um detalhe importante é que eu não fazia ideia que Battletoads era difícil. Na verdade eu pensava que eu é que não sabia jogar direito. Então eu alugava o game, progredia algumas fases, morria muitas e muitas vezes, muitos continues e game overs, mas sempre reiniciando e decorando cada vez mais o jogo. Foi assim que eu consegui zerar e sem nenhum alarde eu devolvi a fita na locadora. Foi só com a popularização da Internet que eu soube o quão difícil era o jogo pra muita gente. 

cypher matrix

Jogos

Nessa época minha vida gamer se resumia a poucas categorias de jogos. Eu curtia demais jogos side scrolling e beat’n’up. Esse era meu foco na época. Dentre os que joguei tem alguns que são inesquecíveis!

hqdefault

Mega Man 1 – Que jogo era esse! Caramba! Eu tinha uma imagem gravada em minha mente que durou algumas décadas da fase do Cutman de tanto que eu joguei esse jogo. Era um dos meus favoritos e zerar não foi tarefa fácil, mas nesse caso o pessoal da locadora mesmo havia me informado que o jogo era casca grossa. Mesmo assim eu consegui zerar e fiquei muito eufórico quando isso aconteceu. Foi épico!

smb3-01

Super Mario Bros 3 – De longe o jogo do Mario que eu mais joguei na vida. Um clássico absoluto que sempre aparece na minhas listas de melhores jogos de todos os tempos. O jogo era lindo e eu havia decorado o game inteiro, cada canto, itens escondidos e passagens secretas. Terminei muitas vezes do inicio ao fim sem usar warp, mas também usei diversas vezes a flauta pra encurtar a aventura.

battletoads-nes

Battletoads – Já citei anteriormente, mas esse game é um clássico pra mim que faz parte da minha evolução como gamer. Apanhei demais, sofri pra aprender o básico e as músicas estão gravadas na minha memória me fazendo endeusar o mito David Wise até os dias de hoje. Battletoads fez parte de várias brigas entre família. Era pedir pra brigar se escolhêssemos jogar no modo cooperativo. 

Jackie Chan's Action Kung Fu_NES_003

Jackie Chan’s Action Kung Fu – Eu não sabia que o ator dos filmes que eu mais curtia na época era o mesmo desse jogo. Horas e horas de boa jogatina. Um jogo muito caprichado e que me faz revisitar o game sempre que possível. Minha surpresa foi, depois de muito ter jogado, ligar o nome à pessoa e entender a clara referencia. Não zerei.

mighty-final-fight

Mighty Final Fight – Caramba! Adoro esse jogo! Takipariu! Eu curto muito mesmo! Tenho até um poster que mandei fazer. Esse game era uma evolução no gênero pra NES. Além de muito fluído o jogo era relativamente difícil, tinha especiais, você podia subir de level e aprender novos golpes. Eram algumas mecânicas que eu só vi ali nesse game durante aquele período dentre os jogos que joguei.

Teenage_Mutant_Ninja_Turtles_(1989_video_game)_gameplay

Teenage Mutant Ninja Turtles – Esse jogo era muito foda! Ele não é o melhor da franquia para o NES, mas foi meu primeiro contato com o universo das Tartarugas Ninja nos games. O impacto foi forte! Eu não acreditava que estava jogando o jogo da minha franquia favorita de desenhos da década de 90. Era simplesmente épico! Até hoje eu tenho uma grande frustração por não ter conseguido finalizar esse jogo. Fazem alguns meses eu tentei, via emulador e mesmo assim eu não consegui. Logo mais eu devo tentar novamente. Não vou deixar passar.

55187-Darkwing_Duck_(Europe)-1

Darkwing Duck – Eita jogo fera! Saindo direto da TV para o NES eu não tive como evitar! Joguei muitas vezes e não zerei. Não zerei e não lembro o motivo disso. O jogo possuía um level design muito parecido com os jogos do Mega Man, então foi amor a primeira vista. O jogo ainda é muito competente para os padrões atuais, realmente um clássico!

 A lista ainda continua, são muitos jogos clássicos que tive o prazer de jogar no Geniecom, mas esses em especial eu alugava diversas vezes, sem medo de me decepcionar com eles, pois quando você escolhia um jogo na locadora você sabia que iria ficar alguns dias só com aquele game pra jogar, então era difícil  quando você escolhia algo e se decepcionava. Varias vezes isso aconteceu na minha vida e quando eu encontrava algum jogo que eu curtia eu fazia questão de alugar novamente. Quantas vezes fosse preciso.

Geniecom hoje

Eu não faço a menor ideia de onde foi parar o meu Geniecom. Não sei se foi vendido ou se estragou, só sei que sumiu da minha vida, sendo substituído por um Megadrive que nosso pai nos deu e posteriormente pelo Nintendo 64. Eu já busquei diversas vezes um Geniecom para comprar e pretendo fazer isso em breve, pois faz parte da minha vida esse console. Como muitos outros consoles, o Geniecom também foi um presente dos meus avós maternos. Eles sempre me surpreendiam com isso. Então, além da nostalgia, existe também um carinho especial, boas lembranças e uma ligação emocional que me remete aos meus avós. Não sei como ainda não comprei novamente esse console.

Geniecom-acaogames-21-1992-764x1024

O Geniecom foi o primeiro console que pude chamar de “meu”, antes disse tivemos um Atari, mas era o vídeo game da casa, da família. Geniecom foi uma experiência incrível na minha vida, um companheiro muito especial que aquecia minhas tardes pós período escolar e me fez aprender muito sobre o que são os games realmente.  Agradeço aos meus avós por essa oportunidade.

Eu gostaria de ouvir a sua história, seu primeiro vídeo game. Não o vídeo game da família, o da casa, quero ouvir a história do seu primeiro vídeo game, só seu, que você tinha a liberdade de instalar e desinstalar quando bem entendesse. Qual foi? Como era jogar naquela época? Conte um pouco da sua história pra gente.

Criador do Portal 2 join, ama os games! Jogando desde os primeiros anos de idade, naquela que considera a melhor fase da sua vida, quando ainda bebê, usando a famosa rotina do "come, caga e dorme". Bons Tempos!

  • Takipariu digo eu Visio! Até que enfim achei alguém que jogou e não apenas gosta, mas ama Mighty Final Fight. Parece que você leu minha mente quando fez a descrição do jogo. Tipo, ele é sensacional mesmo!
    Comecei a rir na ignorância é uma benção. Como diz a frase de auto ajuda ” e não sabendo que era impossível, ele foi lá, e fez”. Cara parabéns mesmo. Battletoads é difícil mesmo, e chato de entender algumas coisas porque ele exige movimentos muito rápidos.

    Quando eu via os comerciais dele tipo esse da imagem, eu gostava da opção do fone de ouvido. Essa coisa de códigos nunca me atraiu. Eu tinha um Turbo Game, a versão que vinha com um controle invertido. O legal do console era que ele já vinha com duas entradas… sempre gostei de coisas com duas entradas. Bem errr….. voltando ao assunto. Meu primeiro console foi um Dactar, que é clone de Atari. Joguei Atari original bem antes, e bastante, mas só depois de alguns anos peguei um Dactar.

    Ótimo texto. É a primeira vez que conheço alguém que teve um desses clones. O que eu mais vi e joguei, além do meu, foi o Phamtom System.
    Abração!

    • Visio

      Cara, mighty final fight é demais mesmo. É uma pena que tão poucos tenham jogado esse clássico. É um jogo que eu gosto de revisitar.
      Hahahaha as duas entradas são importantes sim hahahaha
      Me explica uma coisa: Alguma vez houve justificativa para terem invertido os controles do turbo game? Eu nunca pesquisei sobre o assunto, mas sempre tive a mesma reação de que “porra é essa” ao ver os controles de cabeça pra baixo.

      • Quando eu escrevi um texto sobre ele eu busquei informações da CCE a respeito. Mas não encontrei nada a respeito do motivo. É difícil você achar informações de uma época distante, principalmente de coisas assim, mais técnicas. O que mais me chama atenção é que o console era normal, daí saiu uma versão “atualizada” e só mudou de fato o maldito controle. kkkkkkkk Vai entender!
        http://ulisses8bits.blogspot.com.br/2016/07/o-turbo-game-em-1990.html

        • Visio

          Que estranho né? Por um momento eu pensei que você teria a resposta. Vamos morrer com essa dúvida hahahahaha

  • fmrbass

    Falou, falou e não citou o jogo do tico e teco.

    Perdeu meu respeito.

    • Visio

      Pior que essa lista que fiz foi com muita dor no coração… tem tanto jogo ótimo que deixei de lado… um deles é o Jogo do Tico e teco e ele se encaixa bem na lista de jogos de franquias que eram febre na TV

  • Ah, por isso que vc é assim então? Começou com um Geniecom… tá explicado…
    Pior que esse console aí eu só vi em revista, sempre ficava curioso pra saber como era, até pq eu não fazia ideia de como funcionava um Game Genie, achava que dava pra fazer QUALQUER COISA com ele (dentro do jogo, claro, não vai pensar besteira… eu sei que vc pensou… para de rir, caraio). Até onde vai a criatividade de uma criança (e de um sem vergonha), né?
    Muito bom Visio, manda mais uns posts contando sua história com os consoles! Ficou muito foda esse! o/
    Eu acho que preciso jogar Mighty Final Fight, fiquei curioso…
    EEEE preciso terminar Mega Man (1), eita jogo desgramento que eu não consigo finalizar nem a pau…

    • Visio

      HahahahahaHahahahaha eu não pensei besteira hahahaha juro! Hahahaha
      Se tiver um tempo jogue o mighty final fight cara, vale muito a pena. Deu até vontade de jogar de novo e farei isso nesse final de semana.

  • cara que saudade do Darkwing Duck! Alias, tem tempo que a turma da Disney não lança u belo game hem…Joguei muito o jogo desse “super pato” e lembro que eu passava raiva tentando jogar o game daqueles esquilos, Tico e Teco, eu só perdia!

    • Visio

      Darkwing Duck era muito show! =D
      Bons tempos alugando o game!

  • Paulo Jr

    Por um mundo com mais “Avôs Domêncios”

    Meu primeiro Video game foi um mega drive usado que só depois de um tempo fiquei sabendo que era de um primo meu, mas joguei pouco pois só tinha um cartucho do Sonic. Isso foi em 99, 2000.

    Mas a coisa começou quando fiquei um pouco mais velho, com 9 anos ganhei um ps1 e comecei a jogar bem mais e fui atrás de outros consoles.

    • Visio

      o/

      Começou no ps1 então é? Como vamos explicar isso no NS Brasil hein!?

      • Paulo Jr

        Sei não…

        • Visio

          HAHAHAHAHA

  • Ivo

    Fala Visio, shows o texto! Eu só conhecia o GenieCom pelas revistas e exatamente esse anúncio que você postou, mas nunca imaginei que ele tinha um GameGenie dentro dele. A pergunta que te faço é? Você chegou a usar os códigos?

    Engraçada essa história do Battletoads, foi um dos jogos mais lendários onde morava, ninguém conseguiu terminar e quem terminasse seria com certeza o REI DA MOLECADINHA hahahaha XD Mas isso nunca aconteceu na minha rua.

    Sobre os jogos! Fiquei surpreso por você comentar do Darkwing Duck. Um excelente game que adorava também, mas nunca foi muito comentado. E sobre o Tartarugas Ninjas 1… ele é difícil mesmo e tem um parte que você vai encalhar como todos que jogaram esse game… tentando pular.

    De resto, espero que compre esse GenieCom e poste uma fotinha para gente ver.
    Valeu Visio, grande Abraço!

    • Visio

      Usava sim. Meu irmão mais novo, o LEX, sempre que ia jogar algo eu colocava um código de vida infinita ou algo que facilitasse pra ele que era muito pequeno na época.

      Ainda não cheguei nessa parte do jogo das tartarugas… é bom eu já ficar atento então!

      Quando eu comprar vou fazer outro post só pra agradecer hahahaha