capa foo

There Is Nothing Left to Lose (1999)

E lá vamos nós de novo na jornada da discografia do Foo Fighters! E hoje iremos estar falando do terceiro álbum de estúdio dessa ótima banda liderada por Dave Grohl. Confira aqui o primeiro álbum e o segundo.

There Is Nothing Left to Lose (Não há nada a perder) é o terceiro álbum de estúdio do banda Foo Fighters lançado no final de 1999 (especificamente em 02 de novembro de 1999). O álbum foi um enorme sucesso e foi o responsável por ter “colocado” a banda nos holofotes da mídia como uma das estrelas do rock.  Também foi o primeiro álbum do Foo Fighters a ter ganhado Grammy (Oscar da música, entregue pela National Academy of Recording Arts and Sciences dos EUA), no caso foram dois que eles venceram: Melhor Álbum de Rock (Best Rock Album) e com a música Learn to Fly o prêmio de Melhor Vídeo Musical Curto (Best Short Form Music Video).

Capa do álbum There Is Nothing Left to Lose

Após a turnê de Color and the Shape ter terminado, antes mesmo de começar as gravações do terceiro álbum, Franz Stahl (guitarrista que substituiu Pat Smear em turnê) decidiu deixar a banda alegando diferenças criativas. Dave Grohl (vocal e guitarra), em conjunto com Nate Mendel (baixo) e Taylor Hawkins (bateria), resolve gravar o terceiro álbum em trio, algo que não seria novidade já que o segundo álbum também foi gravado em trio. A gravação ocorreu em um estúdio construído no porão da casa de Grohl, em Virgínia.

Da esquerda para direita: Dave Grohl, Nate Mendel e Taylor Hawkins.

O álbum teve vários sucessos entre eles: Learn to Fly (que pessoalmente foi a primeira música que escutei da banda), um sucesso absoluto com participação especial de Jack BlackKyle Gass no trailer; Breakout, um ótimo rock com Dave alternando belos vocais, a música foi trilha sonora do filme Eu, Eu mesmo e Irene (2000) e tendo participação especial da atriz Traylor Howard; Generator e Aurora com suas lindas melodias românticas (“And you dream about yourself And you bleed and breathe the air And it’s on and on…”); a inesquecível Next Year, entre outros sucessos.

Sim, a capa do álbum é o próprio pescoço do Dave!

Para a turnê do There Is Nothing Left to Lose (1999-2001), Chris Shiflett (ex-integrante do grupo No Use for a Name), entrou para a banda como segundo guitarrista, posto que ocupa até hoje.

As faixas do álbum são:

1 – Stacked Actors – 4:17
2 -Breakout – 3:21
3 – Learn to Fly – 3:58
4 – Gimme Stitches – 3:42
5 – Generator – 3:48
6 – Aurora – 5:50
7 – Live-In Skin – 3:53
8 – Next Year – 4:37
9 – Headwires – 4:38
10 – Ain’t It The Life – 4:17
11 – M.I.A – 4:03
12 – Fraternity – 3:10 (Bonus Track)

There Is Nothing Left to Lose foi produzido por Adam Kasper e a gravadora foi a RCA.

 

 

Zanella é cristão, marvete, nintendista, fã do Foo Fighters e rpgista. Encontre-o também no nerdprofeta.com