banner 1121

Uma História pra Recordar

No dia 19/06/2016, em um grupo de games no Whats, eu vi uma mensagem preocupada de um amigo que também participa desse grupo, o Péricles. A mensagem era diferente de tudo o que já havíamos postado no grupo, pois dificilmente abordamos algum assunto tão sério que não termine em piadas e contribua para o ótimo clima de camaradagem que existe ali. Como a fonte era uma pessoa confiável, prontamente eu solicitei para que ele me passasse esse assunto em conversa privada e foi assim que essa emocionante história começou.

Ficar sem jogar

Acredito que você já tenha passado por um momento em sua vida onde você tem o desejo, a vontade ou a intenção de jogar um game, mas não possui recursos para isso. Os recursos em falta podem ser os mais diversos, como o fato de você passar por um fliperama quando adolescente e não ter dinheiro pra jogar, nem mesmo o dinheiro do lanche ou da passagem de ônibus e então você fica apenas observando, desejando aquilo. Você podia ter um Vídeo Game montado na sua casa, mas não possuir jogos para jogar ou mesmo condições de alugar. Ou quem sabe seu pai deixasse uma ordem direta para não jogar e, ao descumprir essa ordem, pegando o vídeo game de dentro da caixa, em cima do guarda roupa, depois de todo trabalho pra montar o miserável, só pra perceber que seu pai está sempre um passo à frente e que ele levou pro trabalho o maldito transformador do vídeo game. Tudo em vão e você acaba de ter um segredo para carregar pro resto vida. Desculpa pai.

meme_chorando_cachorrinho1

Isso sem contar nas situações em que algum componente estragava! Um controle, seu único controle pra ser mais cruel ainda, a TV que estragou justamente por você ter instalado o vídeo game ali e todos sabemos como os vídeo games estragam essas malditas TV’s (de acordo com nossos pais). São tantas possibilidades que o fato é que de uma hora pra outra você pode ficar sem jogar. Como isso te afetará só depende da sua rotina quanto aos games, se você joga muito, se consegue lidar bem com fato de não jogar, se possuí outras opções ou consoles para jogar, dinheiro para manutenção, idade, tempo livre, se está chovendo ou não, se você tem condições de resolver essa questão ou apenas aceitar e conviver com isso. Para o Igor, personagem central dessa história, diríamos que os games representam seu principal passatempo e uma das fontes de alegria que essa criança podia usufruir com justa igualdade.

Igor-500x323
Esse é o Igor, nosso amigo gamer que tinha um problema e estava com dificuldades para resolver. Precisava de ajuda.

Uma causa

Quando recebi a mensagem do Péricles em conversa privada eu comecei a pensar em diversas maneiras pelas quais eu poderia ajudar Igor. Era fácil, pouca coisa, tão simples que eu não poderia só oferecer somente a solução para o problema. Havia ali uma oportunidade de multiplicar e potencializar um simples ato, alcançando mais pessoas, envolvendo outros corações nessa história e assim se deu. Para entenderem melhor preciso deixar claro que estávamos organizando um evento gamer, que aconteceria em Joinville, o 2 Join. Esse evento abriu portas, pois conseguimos parceiros importantes e esses parceiros foram essenciais para que essa história tivesse um final feliz.

Pericles-1-358x500Pericles-360x500

Com um plano em mente iniciei os contatos para presentearmos nosso amigo gamer Igor. O que ele precisava era apenas de um controle de PS3, podia ser usado ou por um preço de repasse, algo barato, pois a família não tinha condições de comprar um controle na atual situação em que se encontravam.  Meu primeiro contato foi com o Jeferson Teixeira, da Casa Games, um dos patrocinadores do evento 2 Join. Enviei para ele o mesmo áudio que recebi em conversa privada, adicionei alguns detalhes na mensagem e esperei o retorno dele. Assim que ele ouviu a mensagem a resposta já veio automaticamente: “Pode passar aqui e pegar o controle.” Tenho que admitir que na hora senti um calafrio, um arrepio, pois estava realmente acontecendo! Agradeci prontamente pela ajuda e final do dia passei para buscar o controle de PS3, lacrado, novo, tirado direto da prateleira da loja.

Casa-Games-317x500

Em paralelo a esse acontecimento eu havia enviado uma mensagem ao pessoal da Escola Ampla Cursos, Mátios Schmitd, que também estavam patrocinando o 2 Join. O objetivo era conseguir um curso de programação de jogos para o Igor, pois assim, além de resolvermos o problema dele estaríamos também adicionando conhecimento, uma oportunidade, pois para trabalhar com games o Igor estaria plenamente capacitado para isso, não havia limitações. Fiquei muito feliz ao receber a resposta afirmativa: Igor foi presenteado com um curso de programação de jogos 2D! Tudo pronto! Agora só faltava marcar o dia para visitarmos o Igor, que nem desconfiava da surpresa que faríamos a ele.

Ampla-474x500

22/06/2016 às 20:15, chegamos na casa do Igor. Após nos perdermos no caminho, GPS nos levando para o lugar errado, noite de chuva e frio, enfim estávamos em frente ao portão da casa do nosso mais novo amigo gamer e fomos recepcionados por sua mãe. Conversamos um pouco na entrada da casa, nos apresentamos e fomos convidados para entrar na residência. Eu estava me sentindo muito tranquilo até aquele momento, mas aos poucos comecei a sentir o peso da responsabilidade da nossa escolha em ajudar alguém. Coração respondeu de imediato, acelerando os batimentos e me deixando mais envolvido ainda com a situação. Era chegada a hora.

O Encontro

Igor veio ao nosso encontro com um olhar desconfiado, típico de uma criança de 10 anos que não faz a menor ideia do que está acontecendo naquele ambiente. Recebemos esse garoto com a maior naturalidade possível, sendo que veio acompanhado de seu irmão Leonardo, no melhor estilo irmão mais velho protegendo o mais novo. Foi tudo muito rápido a partir daí, nos apresentamos, conversamos um pouco, de pronto já entreguei o controle cedido pela Casa Games e de imediato recebemos nossa primeira recompensa: Igor olhando para trás, procurando com os olhos o seu irmão mais velho, enquanto trocavam um sorriso num misto de surpresa e alivio. Durou segundos essa situação, mas foi intensa demais.

LOGO-LOJA-500x500

Na sequência falamos um pouco sobre a nossa vida adulta, responsabilidades e como conseguimos continuar jogando mesmo dentre tantos afazeres. Incentivamos os estudos e também a necessidade de organizar seu tempo com escola, tarefas e games, para frisar e aumentar a noção de que é importante manter uma rotina saudável. Nesse meio tempo entregamos a camiseta do evento, um mousepad exclusivo do evento. Em seguida o nosso amigo Pericles entregou um jogo de PS3 que tirou de sua coleção pessoal.

logoa-500x119

Mais um pouco de conversa sobre games e então apresentamos para o Igor a oportunidade de expandir seus conhecimentos, onde falamos sobre o curso que ele recebeu da Ampla Cursos de programação de games 2D. Notamos de imediato que a mãe ficou mais feliz do que o filho, pois é claro ela entendeu mais facilmente a questão de como seria benéfico um curso desse tipo para o Igor desenvolver habilidades necessárias para, quem sabe no futuro, exercer uma função nessa área. Tenho certeza que o Igor será muito bem instruído e ainda terá muito o que nos ensinar sobre o assunto no futuro.

Nossa visita terminou com algumas fotos, alguns comentários finais e deixamos aquela família que nos recebeu tão calorosamente.

Lição de vida

Igor ficou na UTI por um tempo, isso não faz nem 3 meses que aconteceu. Durante esse período ele teve a oportunidade de poder levar seu PS3 para jogar enquanto se recuperava da cirurgia, mas não pôde. Só faltava um controle. A família não tinha condições de comprar esse tal controle e o menino passou esse tempo na UTI somente esperando…esperando…esperando.

Tínhamos um evento voltado aos gamers e existia um gamer que não estava podendo jogar por um simples detalhe. Conseguimos unir tudo isso e abraçar essa causa. Eu não seria capaz de fazer isso sozinho, o Péricles também não, mas contamos com a ajuda de parceiros que temos que agradecer intensamente: A Casa Games e a Ampla Cursos, duas empresas referenciais aqui na cidade de Joinville, com pessoas na liderança que sabem a importância de um ato de bondade.

Da esquerda pra direita agachados- Péricles, Igor, Visio. Em pé ao fundo: Leonardo
Da esquerda pra direita agachados- Péricles, Igor, Visio. Em pé ao fundo: Leonardo

Não haveria divulgação nenhuma dessa nossa empreitada, não mesmo, mas consultei alguns amigos gamers que foram a favor de divulgarmos essa ação para tentarmos potencializar isso, alcançar mais pessoas, alcançar você leitor, que também pode ajudar alguém. Somos capazes de fazer pouco ou muito, só depende da nossa ambição e vontade de ajudar. Espero que essa história se multiplique, demonstre a união dessa fraternidade, essa família de Gamers espalhadas pelo mundo à fora. É nessa hora que esquecemos as marcas, nossas preferencias, gostos pessoais, enfim, nessa hora temos apenas o objetivo e ele deve ser cumprido sem preconceitos, apenas deixando claro que podemos fazer a diferença. Você, amigo leitor, tem alguma história em que conseguiu ajudar alguém, gamer ou não, e gostaria de compartilhar conosco? Vamos mudar nosso foco apenas por hoje, vamos fazer diferente, vamos evoluir essa ideia.

Esq. Fmrbass, Igor e Visio
Esq. Fmrbass, Igor e Visio


Agradecimentos:

  • Péricles, por ter nos acionado para essa empreitada e pela iniciativa em querer ajudar;
  • Jeferson Teixeira – Casa Games e Mátios Schmitd – Ampla Cursos, por acreditarem nessa causa;
  • Tairine Oliveira, por sempre me apoiar e me auxiliar na execução das mais diferentes ideias; ♥
  • Fernando (Fmrbass) parceiro, grande amigo e braço direito nos projetos da vida;
  • Igor e família, por nos ensinarem mais uma lição de vida;

Criador do Portal 2 join, ama os games! Jogando desde os primeiros anos de idade, naquela que considera a melhor fase da sua vida, quando ainda bebê, usando a famosa rotina do "come, caga e dorme". Bons Tempos!

  • História bela demais. Nessas horas que vemos o quão bom é ajudar o próximo.

    • Visio

      Verdade! Só energia positiva no dia.

  • hbeira

    Massa, parabéns pela atitude. 🙂

    • Visio

      O pessoal ajudou muito esse menino. Nós tivemos a sorte de poder participar.

  • fmrbass

    Cada vez que eu leio esse texto eu me emociono e mentalmente passo por todo aquele dia mais uma vez.

    Uma experiência ímpar.