RIP-WiiU

Wii U: Descanse em Paz

Há algum tempo atrás na ilha do Sol, Reggie (o chefão da Nintendo of America) avisou em uma entrevista que Breath of the Wild seria o último jogo que a empresa lançaria para o Wii U, colocando assim um ponto final em um console que já respirava por aparelhos.

IMG-20170119-WA0045

O Wii U foi para a Nintendo aquela criança que era bastante esperada, mas nasceu com diversos problemas e todos sabiam que era só uma questão de tempo até que a sua vida acabasse. A Nintendo se esforçou, tentou, lançou ótimos jogos para ele, como uma mãe solteira que sem apoio de mais ninguém cuida do filho doente e quer dar o melhor a ele mesmo que seja a única a acreditar na sua sobrevivência.

Nintendo Co's President Satoru Iwata poses with the company's Wii U gaming controller at the company headquarters after an interview with Reuters in Kyoto, western Japan January 7, 2013. Nintendo's year-end sales of its Wii U games console were steady, though not as strong as when its Wii predecessor was first launched, Iwata said on Monday. REUTERS/Yuriko Nakao (JAPAN - Tags: BUSINESS SOCIETY SCIENCE TECHNOLOGY) - RTR3C6EF

R.I.P.U. (Rest In Please Understand)

Mas eis que um dia sua mãe morreu e as coisas mudaram. Seu novo tutor não lhe dava tanta bola, sabia que era um problema que precisava resolver, e na primeira chance que teve anunciou que a Big N estava trabalhando em um novo console, o tal “NX“, mas que continuaria cuidando do moribundo.

4JR9fFQ

O novo tutor

Lógico que o discurso não bateu com a realidade. E nem esperávamos isso, pois quando o Wii U foi anunciado nós ouvimos a mesma história sobre o Wii e o que veio foi Zumba Fitness, Just Dance e a localização de Xenoblade, Pandora’s Tower e The Last Story. Nada que fosse realmente novo, fazendo com que o console também morresse aos poucos.

Está chegando o dia de desligar os aparelhos: dia 03 de março (também conhecido como amanhã), lançamento do Switch – seu sucessor, bem como The Legend of Zelda – Breath of the Wild, seu último grande título. Os servidores de Mario Kart 8 e Splatoon ainda serão mantidos devido ao grande número de jogadores, mas provavelmente não passarão do ano que vem (a título de comparação, os servidores de Mario Kart Wii foram desativados quando MK8 foi lançado).

Ao menos receber um Zelda grandioso como Breath of the Wild é dar uma despedida honrosa para quem teve excelentes jogos como Super Mario 3D World, Mario Kart 8, Bayonetta 1 & 2, Donkey Kong Tropical Freeze, Pikmin 3, The Wonderful 101, Remasters de dois grandes Zeldas (Wind Waker e Twilight Princess), além de novos jogos como Hyrule Warriors e Splatoon.

jogoswiiu

Adquiri meu Wii U no final de 2013, em um dos momentos mais complicados da minha vida, e por mais que não tenha vivido com ele o mesmo que vivi com o Wii, foi um console que me trouxe muitas alegrias. Mesmo que futuramente eu venha a adquirir o Switch, certamente o Wii U continuará tendo um lugar de destaque na minha estante, afinal são muitas lembranças boas, momentos ótimos e divertidos que vivi (inclusive se hoje escrevo nesse portal, boa parte é devido a ser um dos poucos que tinha esse console aqui na cidade junto com o Visio).

Descanse em paz meu companheiro Wii U. Até mais, e obrigado pelos games.

Fã de Zelda e adepto da Nintendo desde que se conhece por gente. Fora um Atari e um Mega Drive, todos os seus outros consoles foram Nintendo. Nunca teve um Playstation ou Xbox (e nem pretende ter), já que nunca viu motivo para tê-los.

  • Alexandre Francisco

    Pow Fernando, a analogia do bebê e da mãe ali… pesado cara. Quase chorei.
    Wii U foi muito mal compreendido, mas foi muito amado por quem o jogou. Vai ficar pta história como um dos maiores injustiçados, e espero que a Nintendo aprenda com seus erros.

    • fmrbass

      Disse tudo: foi muito amado por quem jogou. Felizmente fui agraciado e pude participar desse capítulo da Nintendo. Ruim pra ela, ótimo pra mim.

  • Gabriel Frank

    Um videogame com ótimos jogos! Poucos jogos, mas ótimos! Sem falar na retrocompatibilidade com wii (podendo utilizar o máximo da qualidade gráfica do wii), que expande e muito as possibilidades do console! Assim como o autor do post, ganhei esse console numa fase complicada da vida e tenho muito carinho por essa máquina! Só não sentirei saudades porque não vou parar de jogar tão cedo!

    • fmrbass

      Então, o Wii U ficará sempre ali, olhando pra mim e trazendo lembranças junto com a pilha de jogos que tenho pra ele. Ainda tenho muitos jogos pra aproveitar por um bom tempo com ele, mas já bate aquela sensação de que vai acabar antes do que poderia.

      E realmente, poucos jogos porém excelentes – tanto que alguns já estão voltando pro Switch com pouquíssimas alterações.

  • Visio

    Que artigo foda! Muito bom cara! Descreveu perfeitamente a curta vida do wii u.
    Em pensar que foi esse console que possibilitou essa nossa amizade que eu considero como a mais significativa que já tive.

    • Putz e eu cara? Traidor de uma figa!

      • fmrbass

        sai daí seu ciumento.

    • fmrbass

      Orran, bateu forte essa hein, Visio, agora quem quase chorou fui eu!

  • Lindo texto Fernando. Faço de minhas palavras exatamente como as suas.

    • fmrbass

      Valeu Zanella, qualquer dia desses desce pra Joinville pra jogar com a gente!

  • Paulo Jr

    Também adquiri o meu no final de 2013 (aquele anuncio do Wind waker HD foi decisivo), comprei já sabendo o que queria jogar e não me arrependo. Joguei ótimos games e ainda tem mais alguns, fora a retrocompatibilidade com o Wii (console que não tive/tenho).
    Uma pena que flopou.

    • fmrbass

      Acho lento pra carregar miiverse e eshop, mas de resto sempre achei bem de boa.
      Mas esse fator é importante: comprar sabendo o que se quer jogar. Aí não tem erro.