Banner

Ogre Battle 64 no Wii U + Nostalgia

Caraleo! Páratudosaporrameudeuls!!!! Que isso!? Kissugenti!? Melhor notícia da semana!!!! Eu amo eu jogo! Demais! Minha história de vida está ligada a esse lançamento no N64 e explicarei isso mais abaixo. Nos últimos fôlegos do, já moribundo, Wii U recebemos a noticia de que Ogre Battle 64 está disponível a partir de hoje no Virtual Console! Caras, eu sei que não parece (quase nada), mas eu tô animado pra caraleo com esse anuncio!!!!

Ogre Battle 64 é um titulo da Square Enix que foi lançado em 1999 e hoje faz parte dos jogos mais caros do Nintendo 64 que você pode pensar em adquirir. O motivo desse alto valor é simples: Quem tem não se desfaz, pois o jogo é ótimo! Sabe quanto custará para você jogar esse game no seu Wii U? $ 9,99 . Foto+Ogre+Battle+64-+Person+of+Lordly+Caliber

Preço acessível para um game desse naipe! Lembrando que Ogre Battle 64 já havia sido lançado para Wii, porém no Wii U temos uma mudança importante, que se trata da utilização de uma das funcionalidades mais bacanas do console: Off-TV Play. Putakimipariu! Vou poder jogar Ogre Battle 64 no conforto da cama enquanto a TV pode estar no uso com Netflix.

Boa Noite Vizinhança

Meu primeiro contato com Ogre Battle 64 foi com uma fita emprestada de um vizinho. Engraçado é que ele esperava que a esposa dele comprasse um jogo específico, que seria o fuderoso Starcraft 64, mas ela se confundiu ou não encontrou e comprou o Ogre Battle 64 como presente de aniversário dele. Ele aceitou o presente de bom grado e ficou com o jogo pra si, se tornando rapidamente um admirador do game. Essa admiração era transmitida para mim nas diversas conversas que tínhamos sobre games na época. Eu tinha meus 14 pra 15 anos e ele já era casado com a minha vizinha de infância, sendo que já possuíam uma filha vidrada em Zelda.162635_orig

Toda vez que eu queria algum game emprestado era só andar alguns poucos metros e chamar esse vizinho, que prontamente emprestava seus cartuchos. Além dessa camaradagem, uma das partes mais legais era conversar sobre games. Ficávamos um bom tempo conversando, as vezes no portão da casa dele, outras vezes na sala enquanto curtíamos os jogos no 64 e futuramente novos que ela tinha adquirido para o seu recente PS2, como o clássico Prince of Persia Warrior Warrior Within, que é meu jogo favorito da franquia, entre outros games, sempre com muito conteúdo informativo da parte dele, pois era amante dos games como eu me tornei também.

Uma das coisas interessantes que eu não sabia e aprendi nessas conversas era sobre o loading nos games. Nos anos 90 fomos apresentados ao PS1 e seus loadings demorados pra carregamento do jogo em si. Esse era um dos pontos negativos do console, pelo fato de utilizar CD’s como mídia. Em contrapartida tínhamos o N64 sem telas de loading,20151021193152_fc450103
somente com alguns raros casos tendo essa famosa tela, mas na sua maioria eram carregados bem mais rápidos por utilizarem cartuchos. Foi então que entramos na questão de loadings e ele me disse que até mesmo Zelda Ocarina of Time tinha loadings dentro do jogo. Eu não acreditei. Então ele ligou o N64 e me mostrou vários pontos onde haviam esses carregamentos, mesmo que de forma bem mais rápida que o PS1, mas estavam presentes, o que me esclareceu a questão na época e serviu como base para futuras discussões sobre games.

Ogre Battle 64 é um jogo que sou apaixonado, pois além de ser um presente aos gamers da época, ele também está recheado de muita experiência de vida, em uma fase que eu percebi que games não eram, necessariamente, coisa de criança. Se meu vizinho, pai de família, poderia jogar e sua esposa o apoiar nisso, eu também poderia aceitar essa situação pra minha vida. Eu não precisava mudar quem eu era apenas para parecer um adulto para a sociedade. Poderia ser gamer pelo resto da vida! 

$_32

Hoje eu não tenho mais contato (a não ser via facebook) com esses meus antigos vizinhos, Jean e Priscila, mas posso dizer que a visão de casal feliz, que se respeita, que aceita a pessoa como ela realmente é, eu construí muito com a ajuda desses dois, pois era incrível ver como eles conseguiam conciliar a vida adulta e ainda assim manter suas preferencias que adquiriram na infância e adolescência. Hoje, quando eu chegar em casa após o trabalho, quero jogar Ogre Battle 64 no meu Wii U. Quero viajar no tempo e recuperar as ótimas lembranças dessa época. Quero compartilhar isso com a minha esposa, que me oferece o mesmo que eu via meus vizinhos vivendo. Quero me assustar ao pensar na influência que as outras pessoas tem em nossas vidas, às vezes tão forte e tão presente, que preferimos acreditar que é a nossa identidade ali, mas é importante não esquecer que nossa identidade hoje foi moldada com a ajuda de pessoas que passaram pela nossa vida.

Um ótimo port pra Wii U. Ótimos vizinhos. Ah! A Priscila me ensinou a tabuada quando eu era criança, isso em um quadro negro que ela mantinha nos fundos da casa, em meios aos intervalos de Futebol Brasileiro 96 de SNES que eu jogava com o Fabrício, irmão dela, mas essa história fica para outro dia.

Criador do Portal 2 join, ama os games! Jogando desde os primeiros anos de idade, naquela que considera a melhor fase da sua vida, quando ainda bebê, usando a famosa rotina do "come, caga e dorme". Bons Tempos!

  • Parece foda esse jogo, hein?
    Vale fácil os 10 Dolores! Jogo bão no conforto do sofá em uma clicada no Gamepad! o/

    • Adriano Francisco

      O jogo é foda mesmo! Muitas horas de jogo, com vários finais alternativos e com muito diálogo bom! Além de plot twists que te fazem repensar as prioridades.
      Recomendo muito jogar!

  • Alexandre Francisco

    As lembranças afloram. O MELHOR RPG DE N64. Eu adoro esse game, demais, e tem anos que eu quero poder joga-lo novamente, ja que é muito dificil emular ele com uma qualidade satisfatória. Espero que saia pro Switch também, ja que nao tenho Wii U.
    Saudades Jean. Parceirao.

  • fmrbass

    Cara, esse texto pode ser lido facilmente como uma fanfic erótica…

    não tenho maturidade pra coisas assim.